Diário d'Inês

domingo, março 11, 2012

Sem sentido

Querido diário,

Um dia decidi que ia começar um texto assim. Dizer coisas sem sentido ou sentido de coisas dizer. Não tem lógica nenhuma. Tudo é uma questão de lógica quando de lógica queremos tratar. Hoje não se tratar de nada disso. Escrevo o que me apetecer. Escrever sem sentido algum. Nem os meus pensamentos hoje têm sentido. Nem ontem tinham. Quero estar bem longe daqui ou aqui estar longe de mim. Num lugar qualquer. Sozinha ou com alguém. Sozinha sem sentido nenhum ou algum sentido com alguém. Cenas maradas. Sonhos que mais vale nem saber, porque a saber sonhei que era isso. Isso ou aquilo, uma porcaria qualquer. E que por momentos, tivesse eu hoje certos pensamentos, de olhar para alguém e sem conseguir sentir, coisas até senti. Sensações estranhas. E por vezes as pessoas distraem-se. É assim. Que porcaria de dia aborrecido me levou a fazer porcaria quase nenhuma. Domingos. Só de pensar que amanhã é segunda feira, antes fosse a feira na segunda semana de férias. Férias é que a malta precisa. Mesmo que não precise a malta não quer é fazer nenhum e nenhum continua sem fazer. Isso é uma verdade que nunca vai ter sentido. Sentido era fazer sempre qualquer coisa. Sentido era nunca poder sentir. Sentido de sentir e sentido sem nexo. Mas qual nexo? Que porcaria de texto. Porcaria de pensamento, pensamentos de porcarias que às vezes nos levam a pensar.

Saudações sem sentido ;)

2 comentários:

  1. Basicamente é esta a confusão que vai na minha cabeça, na tua e de muitos mais!
    Beijinho sem sentido ahahhahahah ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh ;) Mesmo... sem sentido nenhum :P Beijinhooo

      Eliminar