Diário d'Inês

domingo, fevereiro 26, 2012

Levas-me ao banho?

Querido diário,

Não é de hoje nem de ontem. É de sempre e para sempre. Mas parece que foi ontem que te conheci. "Odeio pessoas que entram às duas". A amizade é assim. "O tempo não passa pela amizade. Mas a amizade passa pelo tempo" - Miguel Esteves Cardoso. E não poderia estar mais que certo. É preciso cuidar, mas quando a gente ama é claro que se cuida. Fechamos os olhos e sentimos que aquela pessoa está ao nosso lado. És especial. Mais que um amor. Aconteça o que acontecer. Em todas as alturas tu estiveste comigo e eu fiz questão de estar contigo. Para bem e para o mal. Nunca me culpaste de nada e nunca me deixaste sozinha. E eu jamais o farei contigo, sempre que tu precisares. E sábias as palavras seguintes, as que te escrevi.


Há coisas que não se conseguem explicar. Há coisas que não se conseguem descrever. Há coisas por vezes que não conseguimos falar. Há coisas que apenas sentimos. O sentimento que tenho por ti, vai para além de muita coisa que por vezes não se consegue explicar, mas posso dizer-te ainda hoje, amo-te. Amo-te com todas as letras que a amizade pode ter. Amo-te simplesmente por seres quem és e pelo que és quando estás comigo. Amo-te também por estares aqui hoje e pelo sacrifício que fizeste para estar presente. Jamais te esquecerei, nem que seja por seres impossível de esquecer na minha vida.
Évora tinha sido diferente sem ti, sem dúvida alguma. Tinha sido pior. Os momentos sombrios sem ti, tinham sido sombrios e frios. Nesses momentos tive sempre a ti para me aquecer, foram apenas momentos sombrios.

  Até que a distancia me separou de ti. Seguiste a tua vida e eu a minha, mas jamais me esqueci de ti. Jamais poderei esquecer. Cada vez que estou contigo, é como se tivesse sido ontem. Não há lugar para vergonhas nem receios. Gargalhadas, partilhas e lágrimas. Fazemos questão de contar cada particularidade da nossa vida durante a nossa ausência. Confiança e esperança. Esperança de te voltar sempre a encontrar. Esperança de continuar tudo como foi até agora. Aqui ou no fim do mundo! "A amizade é um amor que nunca morre".
 Agradeço-te por estes anos todos a meu lado. Obrigada minha monga. Obrigada Cátia Balola. E no fim de isto tudo... Levas-me ao banho? Sim, claro que levo!

 Saudações quentes ;)


Sem comentários:

Enviar um comentário