Diário d'Inês

segunda-feira, maio 21, 2012

Essência

A essência de uma vida. De grande parte da minha vida. Não grande em duração, mas grande pelo aquilo que foi. Grande por aquilo que ainda é e que vai continuar a ser. Évora de sempre e para sempre, Évora.
Uma pintura, um bicho, um "olhos no chão". Noites perdidas na calçada, dias de formação perto do campo. Formação em cimento, tijolos e trolhices por aí espalhadas, no pólo a que chamamos Mitra. "Choca a chocalhada" e um padrinho de ouro. Um sapato pelo ar e meia dúzia de felicidade. Amizades. Amigos não de sempre, mas para sempre. "Eu não sei que tenho em Évora, que de Évora me estou lembrando". Mais mil razões para viver. O primeiro encontro, a primeira queima. Meia dose de ternura, uma dose de saudades. De capa e saia. Um orgulho! À noite traçada, de dia ao ombro. Minha capa, minha amiga, minha companheira. Parte da essência tens tu, outra parte tenho-a eu. Mais copos e estudo. Saudades da família. "Honesto estudo com longa experiência misturado". Bichinhos. Senhora Estudante! E mais dois afilhados lindos. Oh tempo, volta para trás. Estudo, estudo, estudo. E ramboia! Senhora Presidente. Mais uma marca. Cada pessoa deixa a sua, mas muitos de vocês deixaram a vossa em mim. Saudades, saudades. Jamais te vou esquecer, Évora. Viver. Foi tudo o que fiz aqui. Não parei em momento algum, para existir. Vivi. E tantos de vocês que são a razão do meu viver. Meus amigos, meu companheiros. Hei-de chorar. Hei-de chorar com muitas saudades do que um dia fui. Vou chorar, com saudades do que um dia fomos juntos. Chorar pelo que somos. Chorar pelo que Évora nos deu, para além de um canudo. E que venham agora as fitas. Que chegue o dia em que, por momentos, tudo vai parar. Parar para eu ouvir um "splash", quando for atirada ao banho. Parar para relembrar em segundos, mais de tudo o que aqui escrevi.
Não poderia deixar de terminar... "Momentos que passam, saudades que ficam".

Saudações blogueiras ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário